16º Congresso Brasileiro de Clínica Médica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ASSOCIAÇAO ENTRE PCR E OS PACIENTES COM COVID 19

Fundamentação/Introdução

A Proteína-C reativa (PCR) consiste em uma proteína produzida pelo fígado que se apresenta aumentada no sangue durante processos infecciosos ou inflamatórios. Devido a esta característica a sua dosagem é utilizada como estadiamento de doenças infecto-inflamatórias. Mesmo que não evidencie ou especifique o local e tipo de acometimento inflamatório, a PCR é um ótimo indicador de melhora ou piora e tem tido papel fundamental no acompanhamento de pacientes com a Covid-19, doença infecciosa causada pelo SARS-CoV-2.

Objetivos

Avaliar os níveis de PCR dos pacientes realizados na admissão hospitalar (primeiras 12 horas na urgência) em relação a mortalidade em uma unidade de terapia intensiva.

Delineamento e Métodos

Foi realizado um estudo prospectivo de 1 de julho de 2020 a 1 de agosto de 2020 em pacientes internados com diagnóstico de COVID-19 em um hospital de referência em João Pessoa, Paraíba. Exames de sangue para avaliar a Proteína C Reativa foram coletados de 59 pacientes na admissão hospitalar (entrada na urgência) que durante o internamento foram transferidos para o CTI.

Resultados

59 pacientes admitidos em leito de UTI dos quais foram separados em dois grupos: sobreviventes (40,6%) e não sobreviventes (59,3%). Com relação a avaliação pelo teste de Mann-Whitney, houve diferença significativa entre a variável avaliada. PCR – sobreviventes (91.5 +- 14.2) e não sobreviventes (133.7 +- 10.52) (P=0.02); Curva ROC: Area: 0.682 (CI 95% 0.555-0.704), P=0.02. Usando o ponte de corte PCR > 123 mg/dL, obtivemos no teste exato de Fisher – OR: 4.36 (IC 95% 2.23-7.23, p= 0.009) - sensibilidade 70.6% e especificidade 63.6%

Conclusões/Considerações finais

Conclui-se que o PCR é um exame significativo para acompanhamento da evolução do COVID-19 com boa sensibilidade e especificidade. Visto que, além da evidência quantitativa das dosagens da proteína-c e sua rápida resposta à evolução ou involução da doença, é um exame barato, aplicado em qualquer hospital, facilitando a padronização do acompanhamento e o acesso a este recurso.

Palavras Chave

PCR; Proteína-C reativa; Covid-19; Coronavírus.

Área

Clínica Médica

Instituições

Centro Universitário de João Pessoa - Unipê - Paraíba - Brasil, Secretaria Municipal de saúde de João Pessoa - Paraíba - Brasil

Autores

ANA GABRIELA CAMPOS LIMA, FABYAN ESBERARD DE LIMA BELTRÃO, MATHEUS BRITO VIEIRA, ARETHUZA ADJUTO PALMEIRA, RAONI GUILHERME NUNES BRAGA