16º Congresso Brasileiro de Clínica Médica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Aspectos gerais no pré-operatório do paciente idoso em caso de meningioma de grau I

Fundamentação/Introdução

Meningiomas são os tumores cerebrais primários mais frequentes, originando-se nas meninges e podendo crescer de forma lenta, existindo por muito tempo antes de ser detectado. Quando ocorrem sintomas, podem ser súbitos e progressivos de acordo com o crescimento do tumor e sua localização, tendo a cirurgia como o tratamento mais comum.

Objetivos

Relatar o caso de um paciente com meningioma de grau I e avaliar seus aspectos gerais no pré-operatório e sua evolução.

Delineamento e Métodos

Paciente, sexo masculino, 87 anos, internado com quadro de crise convulsiva tônico-clônica generalizada inédita e sem febre associada. Evoluiu com quadro de desorientação temporo-espacial. No exame físico encontrava-se confuso, bradipsíquico, sem déficits de força e sensibilidade, sem alteração de fala ou de pares cranianos. História prévia de hipertensão arterial, tratamento conservador de lesão frontal esquerda de 1,7 cm em ressonância magnética de crânio, assintomática, usando losartana 50 mg de 12/12h. Foi iniciado o tratamento anticonvulsivante com lacosamida 200 mg/dia e dexametasona oral 4 mg. Em seguida, foi realizada ressonância de crânio com evidência de lesão frontal esquerda, com captação de contraste, de limites precisos e cauda dural, associada a edema perilesional com cerca de 2,3/3,0 cm em seus maiores diâmetros.

Resultados

Exames complementares demonstraram meningioma de grau I. Após a ressonância, foi orientada a abordagem cirúrgica do paciente devido ao aumento de tamanho da lesão e aparecimento de sintomas, sendo realizada ressecção completa sem complicações no intra-operatório. O paciente foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) extubado, acordado e sem uso de drogas vasoativas. A tomografia de pós-operatório mostra ressecção completa da lesão, sem sangramento ou outras complicações. O paciente teve alta da UTI em 24 horas e do hospital em 3 dias.

Conclusões/Considerações Finais

O meningioma de grau I ou benigno é usualmente associado com tratamento conservador, necessitando de cirurgia apenas em casos sintomáticos. Tratamentos cirúrgicos em pacientes idosos têm se tornado frequentes, o que torna a avaliação pré-operatória bastante criteriosa a fim de evitar complicações tanto intra como pós-operatórias, que estão diretamente relacionadas à idade e à presença de comorbidades.

Palavras Chave

Meningioma de grau I, pré-operatório, idoso.

Área

Clínica Médica

Instituições

Universidade Federal do Ceará - Ceará - Brasil

Autores

MARILIA ROCHA SILVA, JHULIA DE AGUIAR POLLEZE, BARBARA BARBOZA DE ALENCAR, FELIPE SALIM HABIB BUHAMARA ALVES NASSER GURJÃO, LUANA BANDEIRA ROCHA