16º Congresso Brasileiro de Clínica Médica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PIODERMA GANGRENOSO: IMPORTÂNCIA DO ENTENDIMENTO DA DOENÇA PARA O MANEJO ADEQUADO

Fundamentação/Introdução

Pioderma gangrenoso é uma dermatose neutrofílica rara, com características peculiares e de etiologia desconhecida. Manifesta-se com lesões cutâneas ulceradas e dolorosas com evolução rápida e progressiva, comum em membros inferiores. Há na maioria das vezes, associações com doença inflamatória intestinal, neoplasias, artrites e doenças hematológicas. Expressa-se em qualquer idade, mais comum no adulto-jovem. Não há tratamento padronizado. O prognóstico costuma ser bom, principalmente nos pacientes que respondem aos esquemas iniciais de tratamento.

Objetivos

O estudo trata-se de um relato de caso para demonstrar a importância do entendimento da patologia para garantir os cuidados necessários para a melhora do paciente.

Delineamento e Métodos

As informações do relato foram obtidas por meio da revisão do prontuário médico e de exames aos quais o paciente foi submetido, além de discussão entre professores e alunos, e revisão da literatura.

Resultados

Paciente masculino, 66 anos, diabético, hipertenso, com histórico de fratura de perna esquerda há 20 anos. Há 3 meses, iniciou com lesões bolhosas e equimose na panturrilha esquerda, dor, com piora e necessidade de internação, com melhora parcial. Após, acompanhou em UBS e teve piora do quadro com ampliação das úlceras bilateralmente. Realizada colonoscopia, ultrassonografia e exames laboratoriais, que não evidenciaram nenhuma alteração que se associaria a outras patologias. O manejo inicial foi feito com Colchicina+Prednisona, sem melhora esperada. No atendimento, paciente tinha úlceras em membros inferiores, em tratamento com Prednisona e Ciprofloxacino+ Pipetazo+Vancomicina. Ao exame físico extremidades perfundidas, sem edema, ferimentos com aspecto aparentemente em curva de melhora e grande área com reepitelização e fibrina. Fez 2 debridamentos, com biópsia do tecido positiva para bactérias. O plano terapêutico foi reduzir corticoides, terminar antibióticos, monitorar sinais clínicos e manter cuidado multidisciplinar

Conclusões/Considerações Finais

A compreensão do pioderma gangrenoso relatado no estudo é fundamental para uma maior adesão ao tratamento, manejo adequado e menor risco de complicações

Palavras Chave

Pioderma gangrenoso; Lesões cutâneas; Tratamento; Reumatologia

Área

Clínica Médica

Instituições

Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES - Rio Grande do Sul - Brasil

Autores

RAFAEL BOITO DE OLIVEIRA, MARIA LUIZA ALVAREZ, AMANDA CESA, LUANA HECK, JUSSARA BOHN