16º Congresso Brasileiro de Clínica Médica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

IMPLEMENTAÇÃO DE UM CENÁRIO DE PRÁTICA PARA O ENSINO NA ATENÇÃO À SAÚDE DA PESSOA IDOSA: RELATO DE CASO

Fundamentação/Introdução

O envelhecimento da população é, atualmente, um importante fenômeno, acompanhado por transformações epidemiológicas e sociais, que gera modificações das demandas na assistência à saúde, em especial a do idoso. O ensino e treinamento em rodízios específicos de Geriatria em Medicina durante a graduação resultam em aprendizado mais consistente e prepara o egresso para assistir com competência a complexidade do paciente idoso.

Objetivos

Relatar a estruturação e implantação de um ambulatório de ensino para o atendimento integral ao idoso, atrelado ao ambulatório de egressos do Hospital Regional do Seridó.

Delineamento e Métodos

A pesquisa foi desenvolvida no Hospital Regional do Seridó, em conjunto com a Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, ambas instituições situadas no município de Caicó-RN. Para o planejamento e implementação do ambulatório, foram recrutados alunos de graduação em medicina e pós-graduandos das Residências em Clínica Médica e Multiprofissional da EMCM. Os pacientes que compuseram o ambulatório eram idosos da região atendidos no referido hospital, egressos do serviço após alta hospitalar.

Resultados

A pesquisa se deu em quatro etapas: Fase exploratória e levantamento de necessidades, a partir da observação do serviço; Articulação com os gestores do SUS e EMCM, para organização dos ambientes de práticas e inserção do componente curricular; Estruturação e processo de trabalho do ambulatório, através da triagem e agendamento dos idosos feitos pelo assistente social por meio de ficha social ou por ficha de referência preenchida por médico, enfermeiro ou fisioterapeuta; Processo ensino-aprendizagem para o atendimento semanal, organizados em escalas de forma que participaram 02 alunos da graduação de medicina, 02 residentes médicos e 02 residentes da multiprofissional. O atendimento se baseou em anamnese e exame físico associados à Avaliação Geriátrica Ampla (AGA), que era finalizada com a discussão de cada caso com o preceptor.

Conclusões/Considerações Finais

O Ambulatório de Geriatria Pós Alta tornou-se um novo equipamento social em assistência multi e interprofissional à pessoa idosa e gerador de cenário de prática para formação de profissionais da saúde, promovendo uma inovação na rede de saúde da região e gerando perspectivas futuras para melhoria da qualidade da assistência prestada ao idoso e em sua qualidade de vida.

Palavras Chave

Envelhecimento; Geriatria; Assistência Ambulatorial.

Área

Clínica Médica

Instituições

Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte - Rio Grande do Norte - Brasil

Autores

THALINY BATISTA SARMENTO DE OLIVEIRA, MARIANNA GIL DE FARIAS MORAIS, MARIA CLARA DE ARAUJO JALES, ANA OLIVIA DANTAS, FRANCISCO BELISIO DE MEDEIROS NETO