16º Congresso Brasileiro de Clínica Médica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

SARCOIDOSE: UMA REALIDADE ETIOLÓGICA NA INSUFICIÊNCIA CARDÍACA – A PROPÓSITO DE UM CASO

Fundamentação/Introdução

Introdução/Fundamentos
A sarcoidose cardíaca é uma doença granulomatosa de etiologia desconhecida, que se apresenta mais comumente por bloqueio atrioventricular, arritmias ventriculares e insuficiência cardíaca (IC). A IC, por sua vez, ocorre por conta da inflamação e progressão da fibrose e o seu diagnóstico se apresenta como um desafio, já que não há uma referência padrão estabelecida.

Objetivos

Objetivos
O trabalho tem como objetivo descrever o caso de paciente jovem com quadro de IC com fração de ejeção (FE) reduzida devido a sarcoidose cardíaca.

Delineamento e Métodos

Descrição do Caso
Relata-se o caso de um paciente de 45 anos, sem histórico de patologias prévias conhecidas, que iniciou quadro de cansaço aos esforços há cerca de 12 meses, com piora progressiva, culminando com dispneia paroxística noturna, ortopneia e edema de membros inferiores. Ao exame físico, apresentava-se com ritmo cardíaco regular em 3 tempos e terceira bulha (3T/B3), pressão arterial = 100x60 mmHg, frequência cardíaca = 98 bpm, com ictus palpável e desviado a esquerda. O eletrocardiograma demonstrava ritmo sinusal com hemibloqueio anterior esquerdo. O ecocardiograma transtorácico demonstrava um diâmetro atrial esquerdo de 58 mm e diâmetros diastólico, sistólico e FE do ventrículo esquerdo de 72 mm, 62 mm e 28%, respectivamente. Paralelamente ao início da terapêutica da IC, foi iniciada uma investigação causal. Apesar da otimização terapêutica, não houve uma resposta clínica adequada por parte do paciente, que numa segunda avaliação apresentava-se em Classe Funcional III da Classificação de IC da New York Heart Association (NYHA). Uma investigação complementar identificou alterações vistas em uma tomografia, há 4 anos atrás, que são compatíveis com granulomas pulmonares. RNM evidenciando realce tardio heterogêneo mesoepicárdico, poupando o endocárdio. Foi realizada cintilografia miocárdica com gálio compatível com sarcoidose cardíaca e iniciada corticoterapia associada ao tratamento otimizado da IC, que gerou boa resposta clínica. Paciente no momento em Classe Funcional I NYHA e normalização da FE do ventrículo esquerdo (FE: 52%).

Resultados

Descrição do caso acima.

Conclusões/Considerações Finais

Conclusões/Considerações Finais
O presente relato traz à luz do conhecimento que a busca etiológica da insuficiência cardíaca pode mudar a história natural da insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida, principalmente em pacientes jovens. E que a sarcoidose cardíaca, figura como um diagnóstico desafiador neste cenário.

Palavras Chave

Palavras-chave: Sarcoidose Cardíaca; Insuficiência Cardíaca; Diagnóstico

Área

Clínica Médica

Instituições

Centro Universitário de Volta Redonda (UniFOA) - Rio de Janeiro - Brasil

Autores

CAROLINE MAGALHAES RIBEIRO, IZABELLA DOS SANTOS GOMES, GIULIA MARIA TRAVIZANUTO SIQUEIRA, IAGOR BRUNET DA COSTA MOURA, ERIVELTON ALESSANDRO DO NASCIMENTO