16º Congresso Brasileiro de Clínica Médica

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

RELATO DE CASO: AVALIAÇÃO E TRATAMENTO CLÍNICO DA DISFAGIA NA DOENÇA DE CHAGAS

Fundamentação/Introdução

A Doença de Chagas (DC), afeta diversos órgãos. No esôfago, na fase crônica, ocorre à descoordenação motora, levando a disfagia progressiva, variando de assintomática até total incapacidade de alimentação oral. Tal condição pode ocasionar disfunções nutricionais importante, por isso o manejo da disfagia na DC é de suma importância na evolução do paciente. Uma forma objetiva de avaliar a gravidade dos sintomas como a eficácia do tratamento é por meio do escore de Eckardt, que gradua de 0 a 3 os quesitos perda de peso, frequência da disfagia, dor torácica e frequência de regurgitação. O valor final consiste na somatória destes itens, quanto maior, pior a condição do paciente.

Objetivos

Relatar o caso de uma paciente com disfagia devido DC, apontando a avaliação e tratamento clínico da paciente.

Delineamento e Métodos

DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 65 anos, branca, casada diagnostica com DC há 23 anos e nega tratamento prévio. Paciente relata disfagia com alimentos sólidos há um ano, inicialmente ocasional e progredindo para diária. Relata também regurgitação diária, perda de peso (8 kg) e dor torácica ocasional. Eckardt = 7. Foi solicitado Raio-x seriado do esôfago com contraste de bário que demonstrou trânsito esofágico lenificado associado à megaesôfago com imagem sugestiva de divertículo de Zenker. A conduta inicial foi baseada em encaminhar ao especialista para avaliação de procedimento cirúrgico e na adoção de medidas higienodietéticas, educar o paciente a comer lentamente, mastigando bem, fazer uso de água, se necessário, para auxiliar na descida de alimentos, fazer uso preferível de alimentos em consistência pastosa, engolir pequenas porções por vez, evitar bebidas geladas e ingesta de alimentos à noite ou ao se deitar. Em consulta de seguimento paciente apresentou melhora na frequência de sintomas e ganho de peso(2 kg). Eckardt = 5.

Resultados

.

Conclusões/Considerações Finais

A disfagia é um sintoma comum na DC crônica e acarreta prejuízos na qualidade de vida do paciente. A avaliação clínica desse sintoma é de suma importante para adoção de condutas adequadas. O tratamento pode ser clínico ou cirúrgico. O clínico acarreta em medidas higiênica-dietética. Essas medidas isoladas não retardam a progressão da doença, todavia, pode garantir melhora razoável da sintomatologia.

Palavras Chave

Doença de Chagas; Disfagia; Avaliação; Tratamento

Área

Clínica Médica

Autores

JOSE SEBASTIAO DE ARAUJO JUNIOR, DIEGO HENRIQUE BRILAHNTE DE MEDEIROS, MANUEL ANTÔNIO DE SOUZA JÚNIOR, RENATA CAROLINA DIAS DE MEDEIROS, SAMMUEL VICTOR BERTULEZA FELIX